Plano de Aula 2012


MATÉRIA:
Língua Portuguesa
CONTEÚDO:
Literatura de Cordel
SÉRIE:
1º Ano Ensino Médio
CARGA HORÁRIA
SEMANAL (h/a):
16 h/aula
PROFESSOR:
Elizabeth Rodrigues Manoel

PELEJA, DE CEGO ADERALDO E ZÉ PRETINHO

Texto escolhido pelo motivo de ser um texto ao qual induz o leitor a usar o recurso da oralidade, e a maioria dos alunos tem uma grande dificuldade nesse aspecto, conduzir para que o educando torne-se um  falante competente, que produza textos usando dos dois maiores artifícios que são o da escrita e a oralidade adequadamente, por isso esse tema trará maior compreensão para desenvolver a leitura e escrita.
PERFIL DO PÚBLICO-ALVO:
            Esse conteúdo é destinado a alunos de ensino Médio de escola pública E.E.“Sadamita Ivassaki”, no interior de São Paulo, cuja necessidade de aprendizagem, seja fazer uso de textos literários, essenciais aos alunos ingressantes em uma nova jornada educacional.   Pertencem a uma classe social, onde a pouca perspectiva de cursar uma faculdade, pois acham difícil sair do município para estudar em outra cidade.
Apesar disso, trazem consigo o sonho de cursar uma faculdade, e expandir seus conhecimentos, desta forma o estudo contemporâneo é de extrema importância. Diante das mudanças constantes da Tecnologia e de todos os meios de comunicação tornando a leitura necessária nesse mundo globalizado.

OBJETIVOS DEFINIDOS:

Gerais:

Ø   Possibilitar ao aluno o entendimento aos demais textos literários partindo de “Peleja, de Cego Aderaldo e Zé Pretinho”, de maneira que possam compreender inúmeros conceitos.
Ø   Passar novos métodos  para o ensino de Literatura valendo-se do Letramento como base;

Ø   Elaborar especificidades da Língua Portuguesa como a área do conhecimento.

Específicos:

Ø   Fazer com que a análise critica sobre textos literários se tornem construtivos;
Ø   Ampliar os repertórios textuais dos alunos no que se refere ao Cordel;
Ø   Desenvolver habilidades de interpretação e elaboração de textos;
Ø   Desenvolver o senso crítico;
Ø   Desenvolver as habilidades com atenção e interesse da obra lida em voz alta pelos alunos;
Ø   Desenvolver a habilidade de ler e transformar o texto em Cordel de maneira expressiva;
Ø   Pesquisar a literatura de Cordel que faz parte do conhecimento local da comunidade;

Ø   Adquirir habilidade de escrita para a produção de texto.


CONCEITOS TEÓRICOS

Um plano de aula com o gênero Cordel pode ser uma boa oportunidade de incentivar os alunos a fazer o uso de experiências culturais que emana desta literatura toda sua riqueza expressiva, utilizando-se de várias linguagens, verbal oral, verbal escrita, musical, gráfica, etc.

Podemos dizer que essa experiência, faz uso de materiais didáticos do cotidiano escolar para que se possa reconhecer e valorizar, respeitando a multiculturalidade do nosso país e seus significados coletivos. Experiências comunitárias presentes na produção de um Cordel, além disso, é interessante discutir com os alunos como a literatura de Cordel tornou-se mais rica e diversificada com o passar dos anos.

RELEVÂNCIA  DE ATIVIDADES/DINÂMICAS

É essencial para todos, inclusive para jovens que estão cursando o ensino médio, as atividades/dinâmicas proporcionam ao aluno um maior envolvimento para que fiquem conhecendo o gênero Cordel. Assim sendo uma grande ferramenta de comunicação para que as pessoas da comunidade possam contar as novidades e os acontecimentos em formas de versos alimentando a alma e o conhecimento das comunidades sertanejas, desta forma hoje encontramos cordéis em rádios, televisões e jornais.

RECURSOS

Ø    Lousa;
Ø    Giz;
Ø    Notebook;
Ø    Data Show;
Ø    Vídeos (Literatura de Cordel, O Matuto no Cinema (Quirino), A Moça que Dançou depois de Morta (Borges), Padim de Juazeiro (Rodrigo Macedo), De Outro Mundo).
Ø    Filmes (O auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto)
Ø     Computadores com acesso a internet; (Sala de Informática)
Ø    Aulas expositivas;
Ø    Textos para análise.

PROCEDIMENTOS

MÓDULO I: APRESENTAR AOS ALUNOS OS OBJETIVOS, ETAPAS E COMO SERÁ REALIZADO O PRODUTO FINAL DO PLANO DE AULA. (2 h/aulas)
Ø  Fazer um levantamento do conhecimento prévio dos alunos sobre o assunto Cordel com as seguintes perguntas:
·            Você já ouviu falar no “Gênero Cordel”?
·                 Se já ouviu falar, o que sabe sobre o assunto?
Ø  Fazer uma breve explicação sobre o assunto.
Ø  Pedir como Tarefa para a casa, uma pesquisa com as seguintes questões:
·            Quando surgiu o Cordel?
·            Qual sua importância?
·            Traga um breve exemplo de seu contexto.
Ø  Mostrar como fonte de pesquisa o site Recanto das Letras.

MÓDULO II: APRESENTAÇÃO DE VÍDEOS, RECOLHIMENTO DE MATERIAL PREPARADO POR CADA UM DELES. (3 h/aulas)
Ø  Apresentar o vídeo  sobre Literatura de Cordel;
Ø  Discutir o que foi entendido se foi apreciativo, se foi foco de entendimento;
Ø  Apresentar os  Três vídeos de animação (cordel digital)”.
·           O Matuto no Cinema (Quirino);
·           A Moça que Dançou depois de Morta (Borges);
·           Padim de Juazeiro (Rodrigo Macedo).
Ø  Relacionar o ator principal; o conteúdo histórico-cultural e o mundo de hoje.

MÓDULO III: EXPOR O FACSÍMILE DO FOLHETO DE CORDEL ORIGINAL. (2 h/aula)
Ø  Discutir um pouco mais sobre a literatura de Cordel;
Ø  Apresentar o texto Paleja, de Cego Aderaldo e Zé Pretinho.
·          Apresentar o uso particular da linguagem;
·          Versos rimados e metrificados;
·          Dificuldade lingüística;
·          Trava-língua. 

MÓDULO IV: ORGANIZAR OS ALUNOS EM GRUPOS. (2 h/aula)
Ø  Levá-los a sala de informática, fazer uma pesquisa mais aplicada.
Ø  Pesquisar:
·         Xilogravuras
·         Cordelistas
Ø  Fazer trabalhos em cartolinas para uma pequena exposição em painel sobre o assunto;

MÓDULO V: APRESENTAR COMO FOI A INSPIRAÇÃO DA LITERATURA DE CORDEL. ( 4 h/aula)
Ø  Mostrar os seguintes filmes que na época eram peças de teatro.
·                  O auto da Compadecida, de Ariano Suassuna;
·                  Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto;
Ø  Pedir como tarefa:
·                     Resumo e entendimento dos textos,

MÓDULO VI: PRIMEIRO REFORÇO ANTES DA AVALIAÇÃO FINAL. (2 h/aula)
Ø  Apresentar o vídeo de animação sem texto verbal (De Outro Mundo).
·                    Pedir produção de texto fazendo uma reescrita do vídeo na forma de Cordel.
                                  

MÓDULO VII: SEGUNDO REFORÇO ANTES DA AVALIAÇÃO FINAL. (1 h/ aula)
Ø  Crônica de Raquel  de Queiroz sobre Cego Aderaldo.
·                  Fazer leitura oral;
·                  Reescrever um final diferente ao texto.

ESTRATÉGIAS METODOLÓGICAS

Interpessoal:


à Estudar em Grupo;
à Socialização;
à Processo estímulo-resposta;
à Pesquisa extraclasse;
à Exposições de trabalhos e interação da classe;

Intrapessoal:


à Reflexões pessoais
à Discussão de casos com o professor
à Análise individual envolvendo a disciplina
AVALIAÇÃO

A avaliação iniciará desde o começo do projeto contendo:

PRIMEIRA NOTA:  (0,00 a 0,25)
Ø  Tarefa para a casa, uma pesquisa com as seguintes questões:
·          Quando surgiu o Cordel?
·          Qual sua importância?
·          Traga um breve exemplo de seu contexto.

SEGUNDA NOTA:
Ø  Trabalhos em classe e grupos/resumos (0,00 a  0,25)

TERCEIRA  NOTA:  PRIMEIRO REFORÇO ANTES DA AVALIAÇÃO FINAL.
Ø  Produção textual do vídeo de animação sem texto verbal (De Outro Mundo). (0,00 a 0,25)

QUARTA NOTA: SEGUNDO REFORÇO ANTES DA AVALIAÇÃO FINAL.
Ø  Reescrita de um final modificado para a crônica de Raquel de Queiroz (0,00 a 0,25)

SE NECESSÁRIO PONTOS EXTRAS:
Ø  Participação de interação com o Projeto                                  1,0
Ø  Participação de interação com a aula                                       1,0
RESULTADOS ESPERADOS

Ø  O aluno terá um conhecimento amplo sobre a literatura de Cordel;
Ø  Sua produção textual se tornara modificadora;
Ø  Irá ampliar seu vocabulário;
Ø  Terá um conhecimento amplo sobre a técnica de Xilogravura;
Ø  Terá um conhecimento amplo sobre os Cordelistas que trabalham cantando a literatura de Cordel;
Ø  Aprender sobre a cultura nordestina espalhada pelo país;

BIBLIOGRAFIA
ABREU, M. Cultura Letrada: literatura e leitura, Capítulo 1. São Paulo: Ed. Unesp, 2006,PP.20-41.
Literatura de Cordel: www.teatrodecordel.com.br, acesso em 20/12/2011.
Facsímile do folheto de cordel original (PDF): http://digitalizacao.fundaj.gov.br/fundaj2/modules/busca/gerar_pdf.php?cod=76&p=1&i=0&f=18 , acesso em 20/12/2011.
Vídeo didático sobre Literatura de Cordel: http://www.youtube.com/watch?v=OTxEL9lptW4, acesso em 22/11/2011.
O Matuto no Cinema (Quirino):  http://www.youtube.com/watch?v=wamnabxSnKM, acesso em 20/12/2011.
A Moça que Dançou depois de Morta (Borges): http://www.youtube.com/watch?v=9FA0Yupp_9A, acesso em 20/12/2011.
Padim de Juazeiro (Rodrigo Macedo):  http://www.youtube.com/user/festivaldominuto#p/search/2/MFMHYbSKr3M, acesso em 20/12/2011.
Vídeo de animação sem texto verbal (De Outro Mundo): http://www.youtube.com/watch?v=T3H3R9noP98, acesso em 20/12/2011.
SUASSUNA, A. O auto da Compadecida, 2000
CABRAL, J. Morte e Vida Severina, 1976.
Crônica de Raquel  de Queiroz sobre Cego Aderaldo: http://www.memoriaviva.com.br/ocruzeiro/03101959/031059_6.htm, acesso em 20/12/2011.
Recanto das Letras, http://recantodasletras.uol.com.br/cordel/, acesso em 20/12/2011




0

Adicionar um comentário

    Carregando